Centro de BTT da Lousã

Posted: Fevereiro 3, 2010 in BTT
Etiquetas:
Deixo aqui a informação recebida após o pedido de informação do Lino. 

Os detalhes do acesso ao Centro de BTT das Aldeisa de Xisto.

Para aceder aos detalhes há que seguir o seguinte link: 


Poderá aceder a toda a descrição dos vários trilhos, mapas, GPS, entre
outras informações. Acedendo assim a todo este conjunto de informações.
Ficando também a saber que todos os trilhos podem ser feitos em total
autonomia, estando todos devidamente marcados e indicados.

Dispondo do material necessário (bicicleta, capacete, entre outros)
poderão assim utilizar também os Centro de BTT das Aldeias do Xisto,
sempre que desejarem (no que respeita aos trilhos e às infra-estruturas
presentes) sem marcação.
O Centro funciona 24h por dia tendo em conta que foi concebido para
funcionar em self-service, embora as casas de banho e duches estejam
abertas normalmente da 8h às 20h, de modo a prevenir vandalismo.

Alguns trilhos (nº15 de Ferraria de S. João) podem ter apenas limitação de
utilização de 1 de Julho a 30 de Agosto, devido a ser época de reprodução
de corços e veados. Todos eles são totalmente gratuitos.

Os percursos podem ser utilizados por vários grupos em simultâneo, tendo
em conta as diversas regras de conduta nos trilhos, nomeadamente:
•       não deixar vestígios da sua passagem;
•       ceda sempre a prioridade;
•       respeite a sinalização específica de condicionamento de utilização dos
trilhos por razões ambientais ou de manutenção;

Para qualquer outra informação, disponha.

Desejamos-lhe assim uma fantástica Aventura neste território de constante
Descoberta.

Com os melhores cumprimentos

ADXTUR- Agência Para
o Desenvolvimento Turístico
das Aldeias do Xisto
Departamento de Comunicação
(+351) 275 647 700
(+351) 960 101 873
info@aldeiasdoxisto.pt
www.aldeiasdoxisto.pt
……………………..

Aldeias do Xisto. A descoberta começa aqui.

As Aldeias do Xisto são constituídas por 24 aldeias distribuídas por 14
Municípios do Pinhal Interior, na Região Centro de Portugal num território
de enorme beleza e que oferece infinitas possibilidades de lazer. Ao longo
dos últimos anos, os 24 núcleos foram alvo de um programa de
requalificação que permitiu às aldeias adquirir potencial humano de
desenvolvimento, transformando-se em pólos de atracção turística dinâmicos
que permitem a criação de uma nova base económica que passa, nomeadamente,
pela recuperação das tradições, pela valorização do património
arquitectónico construído, pela dinamização das artes e ofícios
tradicionais e pela defesa e preservação da paisagem em que se enquadram.
Este importante trabalho nunca perdeu de vista aquilo que era o seu
principal objectivo: melhorar a qualidade de vida das populações das
aldeias, elevando os seus níveis de auto-estima, qualificando o seu tecido
social e agregando-as num processo participativo de desenvolvimento que é,
antes de mais, seu.

Anúncios

Os comentários estão fechados.